Liga Portuguesa Contra o Cancro - Núcleo Regional do Centro


A Liga Portuguesa Contra o Cancro assume-se como uma entidade de referência nacional no apoio ao doente oncológico e família, na promoção da saúde, na prevenção do cancro e no estímulo à formação e investigação em oncologia.

A Associação

O Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro, criado em janeiro de 1968, é um dos 5 Núcleos Regionais da LPCC desenvolvendo a sua ação em 78 concelhos da região centro do País. Os membros dos órgãos sociais (Assembleia-Geral, Direção e Conselho Fiscal) são eleitos por triénios e desenvolvem a sua ação em regime de voluntariado. No âmbito da missão e estatutos da LPCC, o Núcleo promove um conjunto de iniciativas e projetos de apoio ao doente oncológico e família, de prevenção primária e secundária do cancro e de apoio à formação e investigação em Oncologia.

A LPCC prossegue os seguintes objetivos:

  • Divulgar informação sobre o cancro e promover a educação para a Saúde, com ênfase para a sua prevenção;
  • Contribuir para o apoio social e a humanização da assistência ao doente oncológico, em todas as fases da doença;
  • Cooperar com as instituições envolvidas na área da oncologia, nomeadamente os Centros do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil e os Hospitais das Regiões Autónomas;
  • Estimular e apoiar a formação e a investigação em oncologia;
  • Estabelecer e manter relações com instituições congéneres nacionais e estrangeiras;
  • Desenvolver estruturas para as prevenções primária e secundária, tratamento e reabilitação, isoladamente ou em colaboração com outras entidades;
  • Defender os direitos dos doentes e dos sobreviventes de cancro.

Ser Voluntário

O voluntariado é uma atividade inerente ao exercício de cidadania, de reconhecido interesse social e comunitário, assente no projeto de uma equipa, devidamente regulamentado, estruturado, comprometido, e assegurado por uma Instituição vinculadora.

O voluntário pode exercer a sua função ao nível de vários âmbitos:

Voluntariado Hospitalar

O Voluntariado Hospitalar em Oncologia da Liga Portuguesa Contra o Cancro visa contribuir para a humanização da assistência ao doente oncológico, pela disponibilização de apoio prático e/ou emocional aos doentes em regime de ambulatório e internamento nos hospitais com serviços de oncologia.
No contexto hospitalar, os voluntários estabelecem contacto direto com o doente e com quem o acompanha para consulta e tratamento, oferecendo atenção, informação, conforto e esperança, essenciais à Humanização da Assistência ao Doente Oncológico e à promoção de uma atitude positiva face ao cancro.

Voluntariado de Competências

O voluntariado de competências traduz-se na transmissão de conhecimentos ao serviço das necessidades da comunidade em geral e dos doentes oncológicos em particular. São voluntários os profissionais que oferecem um contributo técnico e todos aqueles que partilham as suas habilidades próprias no âmbito das atividades ocupacionais.

Condições específicas de admissão ao voluntariado de competências:

  1. Domínio de competências técnicas na área da saúde (medicina, enfermagem, etc.) tendo em vista a realização de ações de formação/sensibilização ou competências noutras áreas, tendo em vista a dinamização de atividades ocupacionais;
  2. Disponibilidade variável de acordo com os projetos em curso;
  3. Disponibilidade para entrevista de seleção e formação de integração.

Projetos de Educação para a Saúde

Projeto des.LIGA

O des.LIGA é um projeto de educação para a saúde e prevenção do cancro desenvolvido no contexto do ensino superior, promovido pelo Núcleo Regional do Centro da Liga Portuguesa Contra o Cancro em cooperação com Associações, Núcleos de Estudantes e outras Instituições.
Desenvolvido por estudantes e para estudantes, o des.LIGA visa a sensibilização para a prevenção do cancro e para a adoção de estilos de vida saudáveis, através da promoção de iniciativas dirigidas à comunidade estudantil e tem como objetivos:

  1. Promover a criação de grupos de jovens que atuem ao nível da prevenção do cancro no ensino superior;
  2. Potenciar as ações de educação para a saúde, prevenção e sensibilização para a problemática do cancro dirigidas à comunidade estudantil e comunidade em geral (ex: ações de sensibilização para a infeção pelo HPV e prevenção do cancro do colo do útero; ações de prevenção do tabagismo; ações de educação sobre hábitos alimentares saudáveis...);
  3. Fomentar a adoção de comportamentos de saúde;
  4. Atuar ao nível da prevenção primária e da promoção da prevenção secundária do cancro;
  5. Potenciar a formação em oncologia junto da comunidade estudantil;
  6. Diminuir os comportamentos de risco para o cancro em estudantes do ensino superior e promover a adoção de comportamentos de saúde.

O projeto des.LIGA assenta na metodologia de educação pelos pares (de estudantes para estudantes), pretendendo-se através desta, facilitar a mudança de atitudes e de comportamentos de risco dos jovens estudantes. Os estudantes do ensino superior, voluntários da LPCC, após um período de formação inicial, assumem o papel de pares educadores.

Este projeto teve o seu início em 2011, na Universidade de Coimbra, após o estabelecimento de uma parceria entre o Núcleo Regional do Centro da LPCC, a Associação Académica de Coimbra (AAC) e o Instituto Justiça e Paz (IJP). Atualmente, o projeto des.LIGA está implementado na:

  1. Associação Académica da Universidade de Coimbra;
  2. Escola Superior de Enfermagem de Coimbra;
  3. Universidade da Beira Interior.

Em 5 anos de projeto, os voluntários já tiveram a oportunidade de participar em inúmeras atividades de promoção da saúde e de prevenção do cancro. Destacam-se atividades e campanhas de sensibilização realizadas durante a Queima das Fitas, a Festa das Latas, o Peddy-Paper "des.LIGA o Mito", a produção de vídeos de sensibilização, e a publicação assídua em revistas e jornais universitários.

A Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra possui inclusivé um grupo de estudantes que fazem parte do projeto des.LIGA e que participam ativamente na educação para a saúde e na sua promoção, nomeadamente para os estudantes da FFUC. Rodrigo Dias Almeida, estudante do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas (MICF) é um dos coordenadores deste grupo, juntamente com a Inês Oliveira, também estudante de MICF, e este define o grupo des.LIGA como: "um projeto de voluntariado da Liga Portuguesa Contra Cancro, destinado a estudantes do Ensino Superior. Qualquer estudante da FFUC pode ser voluntário, desde que tenha a consciência que como em qualquer outra atividade extracurricular terá responsabilidades a cumprir. O des.LIGA não é um projeto que ocupe demasiado tempo, sendo por isso crucial a presença dos voluntários na maioria das atividades que são dinamizadas (claro que possuímos alguma flexibilidade!). A equipa da FFUC reúne internamente pelo menos uma vez por mês, havendo ainda reuniões regulares com a Doutora Rosário Mendes, responsável pelo projeto des.LIGA, por parte da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

As atividades que dinamizamos são essencialmente de sensibilização e têm o objetivo de consciencializar a população local, procurando também enriquecer os voluntários a nível pessoal. O DES.LIGA tem colaborado com iniciativas como a Feira de Voluntariado da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação; todos os anos estamos presentes no recinto da Queima das Fitas e envolvemo-nos noutros eventos similares de forma bastante regular. Pelo menos uma vez por semestre dinamizamos campanhas de sensibilização no Pólo III e organizamos o "Peddy Paper des.LIGA - Queima das Fitas", em conjunto com os membros do projeto das restantes faculdades. 
Os voluntários deste projeto estão em constante formação, através de ações de formação semestrais na sede da Liga Portuguesa Contra o Cancro e de congressos como foi o do "Código Europeu Contra o Cancro" para o qual fomos convidados.
Relativamente ao 2º semestre deste ano letivo, podemos desde já dizer-vos que temos algumas novidades preparadas. A nossa prioridade é aumentar o grupo de voluntários, para que seja possível dinamizar ainda mais atividades e concretizar algumas ideias que temos adiado. Portanto, se gostavas de participar num projeto em prol da comunidade, e em que o teu trabalho é reconhecido, fala connosco (contactos ao fundo da página)."

Recrutamento

O candidato a voluntário deve, entre outros, cumprir as seguintes condições para a sua admissão:

  • Ter mais de 18 anos;
  • Comparecer a entrevistas de avaliação da disponibilidade e motivações;
  • Frequentar um Curso de Formação promovido pela LPCC (no caso da candidatura ser aceite);
  • Frequentar um estágio na área de voluntariado onde foi admitido (período de tempo variável) ;
  • Cumprir com os regulamentos e princípios gerais do voluntariado da Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Na Região Centro, o voluntariado Hospitalar é desenvolvido no Instituto Português de Oncologia de Coimbra (IPOC) e no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), através da prestação de um conjunto de serviços (de 2ª a 6ª feira, das 9h às 17h):

  • Café com leite (oferta de refeições ligeiras aos doentes e acompanhantes);
  • Acolhimento e Guias (acolhimento, orientação e acompanhamento do doente aos vários serviços hospitalares);
  • Apoio ao doente internado;
  • Apoio ao doente em tratamento em ambulatório.

São aceites inscrições ao longo do ano e a seleção dos candidatos é realizada em 2 períodos anuais (abril/maio e novembro/dezembro).

Site: https://www.ligacontracancro.pt/

Facebook: https://www.facebook.com/ligacontracancrocentro/

E-mail: voluntariado.nrc@ligacontracancro.pt

Telefone: 239 487 490 / 239 484 882

Contacto des.LIGA (Rodrigo Dias Almeida): 939 521 923

Contacto des.LIGA (Inês Oliveira): 915 506 989

Rua Dr. António José de Almeida,
nº 329 - 2º Sala 56
3000-045 Coimbra